Arquivo | maio, 2011

Os animais fora da mídia

29 maio

Por Emily Beckman

Olá, gente. Domingão, dia de…digitar o TCC.

Pra quem leu a apresentação inicial do nosso primeiro post, viu que vou fazer um Estudo de Caso da Agência de Notícias dos Direitos Animais (a ANDA). O objetivo da agência é informar e conscientizar as pessoas sobre as crueldades e também as conquistas em relação a vida animal, já que é um assunto pouco abordado na grande mídia. A problemática levantada aqui é como o jornalista se manifesta através das redes sociais para pautar assuntos desprezados pela mídia tradicional.

Logo da ANDA, um dos produtos de análise

Acontece que quando eu escolhi falar sobre esse assunto todo mundo vinha dizer “É bem legal o tema” ou “Égua eu gostei, bem original”. Mas a verdade é que eu não estou sabendo fazer certinho. Sei disso pela falta de empolgação da minha orientadora e as muitas coisas que ela já me falou.  Mas essa semana eu vou ter que agitar na minha metodologia que tá tão devagar quanto meu jabuti! Rs rs.

Deixando o choro de lado, vou falar um pouco da minha metodologia. Essa e uma parte bem chatinha de se fazer (depois de já ter o pré-projeto traçado).  Na metodologia é onde tem que explicar o quê e como será feita a análise do seu objeto dependendo do método de pesquisa escolhido. Minha orientadora me aconselhou a usar o Estudo de Caso e aí vou ter que analisar o conteúdo da ANDA (eu me limitei a analisar a página inicial do site, ou seja, a matéria em destaque e as secundárias, a quantidade de produtos jornalísticos e publicitários, a frequência da atualização por dia, a participação das pessoas, entre outras coisas). E como referencial teórico o assunto mais discutidos atualmente, que são as novas mídias.

Um detalhe do Estudo de Caso é que sua pesquisa tem que ser inédita e por isso tô tendo um probleminha pra encontrar textos que me deem base sobre os animais. Tenho dois artigos que baixei de estudantes de Direito, que falam sobre os animais não humanos considerados como sujeito de direito, ainda assim é pouco…SE ALGUÉM PUDER ME AJUDAR, TÔ ACEITANDO 😀

Para quem tiver interessado, aqui o twitter da ANDA @ANDAnews

E acessem também: http://www.anda.jor.br

Até a próxima 🙂

FACUL+TCC+ESTÁGIO=SOCORROO!!

28 maio

Por Katherine Freire

Saudade daquele tempo em que a sua única preocupação era saber qual o seu melhor desenho? Pois é… Daí vem colégio, mas ainda as preocupações são poucas, depois vem a tal da faculdade/universidade, onde todos na verdade queríamos chegar um dia, e CHEGAMOS!

Nos primeiros semestres parece ser tudo fácil, nada que você não possa se esforçar um pouquinho para tirar boas notas, mas caaaaalma! Saiba que a tendência é piorar, e você precisa estar atento!

Depois de um tempo percebemos que as tais ‘dificuldades’ começam a desabrochar, são muitas pesquisas, trabalhos, provas, enfim, a responsabilidade aumenta. Passam os semestres e além de ter que estudar pra manter as boas notas na facul, você também precisa estagiar. Estágio? Isso mesmo! Pode ser voluntário ou remunerado, mas pra isso, universitários, é preciso procurar. Nada melhor do que você ganhar seu próprio dinheirinho e sair pras baladas com os amigos. A verdade é que isso não passa de mais uma fase, uma responsabilidade, um comprometimento, afinal é a partir daí que você começa a ingressar no mercado de trabalho. E depois vem aquele trabalhinho que parece não ter fim, o chamado TCC. Um estudo científico através de conteúdos, teorias, métodos que você assimilou durante o período de graduação. Iiih, já era! Você ainda lembra de alguma coisa? Oo Nem adianta dizer não, saiba que é necessário e importantíssimo para a sua formação acadêmica. Sem esse projeto, aqueles 4, 5, 6 anos não adiantaram de nada! Então corram, se dediquem e gastem todas suas energias nesse projeto, afinal ele é a porta de entrada para seu desenvolvimento intelectual. AH, e não esqueça das atividades complementares! Como sofremos… #prontofalei

As amigas e o TCC

27 maio

Por Flávia Barros

Vestibular. Unhas ruídas, noites mal dormidas, estudos cansativos, até finalmente ouvir o grito do seu nome soar no rádio dentre todos aqueles que se confundem em sua cabeça. Você mal pode acreditar, finalmente passou e agora está dentro da tal universidade. Chegou o grande momento, a maturidade, assumir novas responsabilidades, conhecer novas pessoas e descobrir se aquele curso é realmente o que você queria (você nem acredita o número de desistentes no decorrer dos anos) e claro, as festas, porque entrar na universidade é quase sinônimo de zuação .

Porém o que nós achamos ser somente flores se ‘desmascara ‘ no último semestre, sim querido (a) é chegada à hora do tal TCC. Eu resolvi fazer o meu com mais duas amigas minhas, Mariana e Katherine, parafraseando a professora Ivana Oliveira “um TCC é tão estressante que pode acabar com amizades e namoros”. Espero não chegarmos a esse ponto…

Minha equipe resolveu falar de algo novo, porém já debatido em algumas teses, que são os blogs. Nós optamos por fazer uma análise comparativa de dois blogs de jornalistas conceituados de Belém. O primeiro é a “Perereca da Vizinha” e o outro é o “Blog do Barata” (os links estão disponíveis aí ao lado). O TCC vai rolando, aos trancos e barrancos, com horas apertadas, trabalhos da universidade a cumprir (como esse aqui, lindinho e queridinho), estágio (que poderia mudar de nome para TRABALHO.) e trabalhos em casa (tá, nem tanto assim né? Só pra incrementar, RS). Temos que fazer tudo isso em 365 dias, eu lembro que esses números eram enormeees na escola, mas agora, nessa correria, eu vejo que você tem que fazer malabarismo para fazer tudo no decorrer desses três algarismos aí.

Bom, depois vocês saberão mais sobre a minha tese, com a Katherine(kath)e com a Mariana (marit). Um beijo, Até mais.

Bem-vindos ao nosso blog, coleguinhas!

26 maio

Oláá. Sejam bem-vindos ao Corra Que o Orientador Vem Aí!

Aqui, seis estudantes do sétimo semestre do curso de jornalismo da Universidade da Amazônia vão contar um pouco das experiências de desenvolver conteúdo para o inescapável e temido TCC.

A ideia é dividir com quem também está no mesmo período que a gente, as angústias e descobertas relacionadas ao projeto de pesquisa. É por isso que vamos publicar aqui os nossos temas (vamos nos apresentar mais abaixo),  pesquisas, opções de leitura, dicas da bruxa incrível ABNT, além de muitos links, vídeos e imagens. Esperamos que vocês se identifiquem com os nossos temas de TCC. Dúvidas, elogios, dicas e conselhos são muito bem vindos. Queremos sempre a participação de vocês, ok?!

Então, vamos às breves apresentações:

Prazer, eu sou a Emily Beckman e estou fazendo o meu TCC sozinha. É muita responsabilidade e um pouco difícil também, por não ter com quem compartilhar uma tarefa ou descoberta. Só eu fico empolgada quando acho uma citação que era justamente a que eu queria. Mas, enfim gente, meu tema é: A vida animal em pauta – Um Estudo de Caso da Agência de Notícias de Direitos Animais, que é onde vou analisar o conteúdo do portal de notícias on-line que combate a violência animal, assunto quase desprezado pela grande mídia. Mais adiante farei meu primeiro post com mais informações. Pra quem se interessar, o site da anda tá ai ao lado 😀
***

Oi, geente! Eu sou Monique Igreja (sim, este é o meu sobrenome !). Assim como a Emily, optei por elaborar o meu TCC sozinha. Não foi uma decisão fácil. Sabia que seria muito mais trabalhoso não ter outras cabeças pensantes para me ajudar, mas estou sobrevivendo.. hehe.

Bom, o meu tema é: O C$FRÃO DA INFORMAÇÃO – Embate entre jornalismo e publicidade. O trabalho vai abordar a utilização das matérias jornalísticas como mercadoria e a crescente infiltração da publicidade no formato jornalístico para alcançar as suas metas comerciais. Para isso, vou analisar os dois cadernos regionais que veiculam matérias pagas – o Mercado, do jornal O Liberal, e o Negócios, do Diário do Pará.

***

Meu nome é Carlos Roberto Sobral e vou expor neste espaço como está sendo o fechamento do meu TCC, que será uma pesquisa de opinião sobre a preferência do público local, acerca do telejornalismo disponível na TV aberta e na TV fechada.

Em qual formato o público prefere assistir telejornais? Eis a questão que será discutida nos próximos posts.

***

Oi galera, somos Flávia Barros, Katherine Freire e Mariana Lima. Estamos elaborando juntas o nosso projeto de pesquisa, que fará uma análise comparativa entre o Blog do Barata (http://novoblogdobarata.blogspot.com/) e A Perereca da Vizinha (http://pererecadavizinha.blogspot.com/). Dois blogs paraenses super interessantes que abordam temáticas polêmicas da política do Estado. Ambos são de jornalistas conhecidos na região: Augusto Barata e Ana Célia Pinheiro.

Até agora tudo bonitinho, né? Mas acompanhem com a gente nossa evolução teórica e nos ajudem também.

Até mais…deixa eu CORRER que meu orientador tá me cobrando aqui.